lágrimas

domingo, 16 de março de 2008

correm de forma que não podemos deter.

o rosto fica molhado
e o peito aliviado...
tão poderosas quanto molhadas elas devem correr.
lágrimas de alegria, tristeza, melancolia,
lágrimas que correm às vezes, que correm todo dia...
na lágrima derramada está a beleza do ser,
nenhum de nós suas lágrimas devia esconder.
não te peço para toda hora chorar,
só chore as lágrimas que no peito queria sufocar.
lágrimas não são para se armazenar...


comentário é bom e eu gosto

2 comentários:

vitinho 16 de março de 2008 19:37  

Olá Jaime.
Estive a ver as novidades e gostei imenso.
Você tem veia de Poeta. Muito bons textos.
Um abraço.

jaime 17 de março de 2008 01:59  

Obrigado Vitinho, pelas palavras gentise por ter visitado e comentado.
um grande abraço

Postar um comentário

Deixe seu cometário, ele é importante pra mim.
Assim que possível responderei
Obrigado por sua visita!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO