lei seca ao volante, algumas sugestões

terça-feira, 22 de julho de 2008

Pois é, com tanta coisa por fazer, foi criada a lei seca do volante.

Guardas experts em estatistica dando como acidentes de transito zero, jornais dando números muito menores de acidentes em menos de um mês da lei. Parece que todos querem que a lei "pegue".
A maioria dos dias em que saio pra rua, e são quase todos, vejo muitos acidentes desde motoboys(verdadeiros campeões) a velhinhas atropeladas. Não me parece que os acidentes diminuiram tanto assim...
Penso que assim que a coisa esfriar, as coisas voltem ao normal, ou seja, como elas são sem a maquiagem dos dias iniciais de euforia.
O ser humano bebe desde os tempos mais remotos e sempre houveram acidentes com ou sem bebida. Tá legal, o excesso de bebida diminui os reflexos, eu sei. Mas, como saber os limites de cada um? Será que um copo de cerveja ou uma trufa de licor depois de um loooooongo dia de trabalho te deixaria um louco irresponsável e assassino do volante?
O que fazer para esperar que o trânsito alivie nos horários de "pico"?
Eis algumas sugestões para quem não tem motorista particular(apenas alguns milhões de brasileiros):
1. Encher a barriga de refrigerantes!!!
2. Ficar na rua olhando as obras públicas que nunca acabam
3. Andar nu e "bêbaço" para protestar
4. Ir com maior frequencia a Motéis(necessita aprovação da esposa caso você tenha uma)
5. Participar de movimentos sociais contra o alcoolismo (essa foi brava)
6. Pedir o motorista dos Deputados, Senadores, Vereadores e etc... emprestado para te levar até em casa( por que não, se eles são pagos com nosso dinheiro?)
7. Comprar uma bicicleta( de bicicleta ainda não é proibido beber)
8. Vender o carro e comprar tudo em bebida
9. Aceitar tudo, ficar calado e sóbrio enquanto bebem tudo que você ganha em impostos, desvios e outras 1000 formas de fazer sumir dinheiro dos cofres públicos
10. Aprender votar melhor nas próximas eleições
Se concordar, comente.
Se não concordar, comente.

Read more...

sobre o ócio

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Segunda -Feira e, sentado à frente do computador, sem vontade de fazer nada, vou deixando as palavras tomarem forma sem pensar no que escrevo.

Falar algo importante ou algo só pra ter mais um post no blog?
Bem, vou falar sobre o ócio ou a arte de não fazer nada.
As palavras saem meio que aos empurrões pois nem elas saem com a costumeira facilidade quando deixo o ócio vir...
Sabe aquela preguiça gostosa que às vezes toma conta de todo o ser???
É isso, exatamente isso, que estou falando e sentindo!
Um não fazer nada enquanto a vida passa e cobra tudo. São contas e obrigações, horários a cumprir, gente pra ajudar ou pedir ajuda e tudo o mais que faz parte da vida que vivemos em sociedade. Cheia de regras de comportamento e etiquetas.
São inúmeras as coisas para serem realizadas por quem quer ser aceito no meio em que se escolhe viver.
Sabe, às vezes eu sinto vontade de voltar ao tempo em que os casais dividiam as simples tarefas da idade da pedra; os homens caçavam e as mulheres faziam o resto...
Acho que sobrava um tempão pra não fazer nada...
Às vezes até o sexo, a melhor brincadeira que Deus criou para o ser humano, é melhor deixar pra depois...
Agora estou seriamente pensando enquanto escrevo em parar de falar e ir dormir umas duas horas ou pelo menos deitar em uma rede enquanto a vida passa...
Não é tédio, é apenas uma gostosa vontade de não fazer ou dizer nada...
Seria o fato de ser uma Segunda ou é pura crise de preguiça em seu maior pico? Sei lá, pensar fica pra depois...
Você já sentiu ou sente essa gostosa vontade de não fazer absolutamente nada?
--???
O ócio assim como o trabalho devem andar de mãos dadas pra que as energias voltem!
Nossa, gostei da frase anterior!!!
Bom, pense um pouquinho sobre a necessidade de momentos de puro ócio e, se não te der uma preguicinha gostosa, comente!

Read more...

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO