O transito e Eu

quarta-feira, 13 de maio de 2009


Outro lindo dia de sol.
Lá vou eu, cheio de sono, para mais um dia de trabalho. Ouço no rádio que o transito é de apenas 60 Kms em São Paulo. Talvez em duas horas eu consiga chegar...
Começo bem, já de cara um infeliz entra na frente do carro com uma droga de moto e, por pouco, não estraga meu dia tendo que socorrê-lo.
Motoboy é o cão, quando não estão buzinando, estão caidos na pista, atrapalhando ainda mais o transito.
A vaca do carro da frente está se maquiando e não viu que o carro da frente andou, buzina nela.
Ops, passei o sinal vermelho, ainda bem que o guarda estava socorrendo um motoqueiro caído, valeu motoboy.
Um imbecil acaba de me dar uma fechada. Depois de amaldiçoar toda sua árvore genealógica, sigo em frente. Quase isso, parou tudo de novo. Ainda bem que os vidros estavam fechados e ele não entendeu.
Acabei de dizer um não pra mais um dos duzentos pedintes que encostam no carro nos faróis. Gostaria de poder acabar com a pobreza...
Tem um idiota olhando pra mim no carro do lado. Seria uma bichinha ou tá querendo roubar?
Novo recorde, consegui andar cem metros em apenas vinte minutos, se eu contar lá no serviço, irão dizer que estou mentindo...
O prefeito ainda quer colocar pedágio urbano, ora vá pra p... que pariu.
Uma batida acabou de vez com minhas chances de chegar no horário. Motorista de lotação e caminhão são uma merda, vivem ferrando todo mundo...
Tem uma gostosa do outro lado da rua, buzina pra ela. Nem olhou pra mim, deve ser "sapata".
Uma hora e trinta minutos depois, ouvindo no rádio o que estou vendo, a fúria vai aumentando. Nunca vou chegar no horário...
Farol quebrado, buraco na rua, imbecis deixando o carro morrer, ônibus na pista do meio e tantas outras coisas se somam e o relógio não para. Outro dia joguei um pela janela "só de raiva".
Duas horas depois ainda não cheguei e a coisa tá ficando feia. Só pra judiar o intestino tá avisando que vai dar merda...
Finalmente chego, tem sempre um idiota fazendo piadinhas do tipo "Antes atrasado pra caramba do que faltar"...
Finalmente o banheiro. Já em paz, eu diria totalmente Zen, posso começar o dia de trabalho. Claro que, por ter chegado trinta minutos depois do horário, o chefe vai descontar o domingo...
Tô cheio de sono e cansado mas feliz por ter chegado ao trabalho e, mais ainda por estar empregado.
Momentos de tensão, tá chegando a hora de ir embora e mais duas horas e sei lá quantos minutos estão esperando por mim...
Tomara que não chova, quando isso acontece a coisa tende a ficar pior.
Chego em casa e a mulher diz que tá cansada. Dá vontade de enchê-la de "porrada"...


Jaime

1 comentários:

Luma 4 de junho de 2009 22:00  

Eita!! Está bastante estressado! Que tal passar uns tempos no campo? (rs*) Beijus

Postar um comentário

Deixe seu cometário, ele é importante pra mim.
Assim que possível responderei
Obrigado por sua visita!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO