MRSA USA300, bactéria que pode levar à morte está vitimando gays nos EUA

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Uma variante da bactéria MSA que atingia anteriormente somente pacientes em hospitais, causando graves infecções; a MRSA USA300 é altamente resistente a medicamentos e é transmitida por meio de sexo anal, pelo contato da pele ou com locais contaminados está vitimando gays dos Estados Unidos. As cidades mais afetadas são, São Francisco e Boston.
Na localidade chamada Castro, uma das maiores concentrações de gays dos EUA, um em cada 588 moradores estaria infectado com a bactéria. Em outras áreas da cidade, essa proporção seria de um para cada 3.800.

como a bactéria age no ser humano:
- pode causar úlceras na pele
- necrose dos tecidos
- ataca órgãos como pulmão e o coração
- se espalha facilmente pela corrente sangüínea.

cuidados para evitar a proliferação:
- esfregar o corpo com água e sabão após as relações sexuais para evitar que a bactéria se espalhe.
Só nos EUA morreram em 2005 mais de 19.000 pessoas contaminadas pela MSA (Estafilococos Aureus resistente à Meticilina). A poderosa variante ainda é de difícil tratamento mesmo usando antibióticos que combatem a MSA.
Fonte: Notícias Terra lá está a reportagem completa.
Comentário:
Melhor não brincar com a sua saúde e tomar todos os cuidados na hora do sexo que é a melhor brincadeira à disposição do ser humano.
Seja no sexo anal, oral, vaginal ou masturbação todos os cuidados devem ser tomados para evitar doenças sexualmente transmissíveis.
USE SEMPRE CAMISINHA!!!
deixe sua opinião, ela é importante.

4 comentários:

Rescumau 26 de janeiro de 2008 06:48  

Olha a cada dia que passa fica mais nitido que a nossa ciência tem evoluído muito, porém também está evidenciando seu total despreparo quando ocorre uma situação dessas, ou seja, mais um vírus que deve ter sido feito em laboratório e que atinge a população.
Parabéns Jaimão por estar antenado e nos trazer informações tão importantes.
Sabe "que sou seu Fã, Graannnde DUDU".
Mauricio Rocha

jaime 26 de janeiro de 2008 11:13  

Graande irmão Maurício, que bom tua visita ao blog, e o que é mais importante comentando o que lê.
Valeu!!!

Queridos Amigos 15 de maio de 2008 21:19  

Realmente existe um despreparo, mas não por parte da ciência, mas por parte da própria impressa que trata determinados assuntos como se fosse uma grande peste recen saida da caixa de Pandora. O assunto é muito relevante Jaime, parabens por postá-lo.Entretanto, essa bactéria já vem matando inúmeros pacientes em hospitais aqui mesmo no Brasil e olhe que não tem nem esse nome tão bonito "USA300". Contudo, ela não é predominate em homosexuais, pelo contrário, neles também. A grande questão é que boa parte das doenças se cura com duas coisas muito simples e barata: água e sabão. Lavar as mãos é uma otima maneira de começar resolvendo a questão. E sem alardes...

bebeto_maya 29 de janeiro de 2009 02:08  

Não se questiona a postura sexual das pessoas, longe de mim querer definir o que é certo ou errado, mas está claro que contatos com múltiplos parceiros satura a eficácia do preservativo. Acredito que tanto heteros como homossexuais devem ter uma postura sexual mais sóbria, definindo parceiros fixos e utilizando com eles, sempre o preservativo.

Postar um comentário

Deixe seu cometário, ele é importante pra mim.
Assim que possível responderei
Obrigado por sua visita!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO